Jogos de ida da Libertadores dividem brasileiros

Os jogos de ida das oitavas de final da Libertadores foram um divisor de águas, para os brasileiros. 5 equipes do país já disputaram a primeira partida do mata-mata com os resultados bem “equilibrados”, entre si.

Dos 5 times, dois tiveram bons resultados com empates fora de casa, dois se complicaram bastante na competição e apenas o Internacional conseguiu vencer fora de casa, e encaminhou a classificação. O Grêmio ainda enfrenta o Libertad, do Paraguai, nesta quinta-feira (25), no Rio Grande do Sul.

O primeiro brasileiro a entrar em campo foi o Cruzeiro, que tomou bastante pressão do atual campeão da competição, o River Plate, no Monumental de Nuñes, em Buenos Aires, conseguiu segurar os argentinos e garantiu um 0 a 0 positivo, para definir a vaga no Mineirão. Qualquer vitória simples do time mineiro garante a vaga.

O sabor de vitória desse empate ficou ainda mais forte, quando, aos 54 minutos do segundo tempo, o atacante Matías Suárez isolou uma cobrança de pênalti no último lance da partida. O Cruzeiro teve um gol corretamente anulado pelo VAR, no início do segundo tempo, que poderia ter facilitado ainda mais a vida do clube celeste.

Já o Internacional, que foi ao Uruguai para enfrentar o Nacional, e fez uma partida de Libertadores exemplar. Com uma defesa bem postada, foi fatal nos contra-ataques e trouxe para o Brasil uma vitória por 1 a 0, que garante a classificação, mesmo em caso de empate no Beira-Rio.

Apesar de levar alguns sustos e sofrer com a pressão uruguaia, o Inter soube encontrar espaços e também preocupar a defesa do Nacional, até que, no fim do jogo, aos 45 do segundo tempo, Wellington Silva serviu Paolo Guerrero para garantir a vitória colorada, com a única finalização do peruano no jogo.

O Athletico-PR recebeu o tradicional Boca Juniors, na Arena da Baixada, e garantiram um jogo bastante movimentado, especialmente no primeiro tempo. Com chances para ambas as equipes, o Furacão sofreu um pouquinho mais, mas conseguiu segurar o ímpeto dos argentinos até o segundo tempo.

O segundo tempo foi bastante brigado, com o juiz tendo dificuldade em acalmar os ânimos. Até que, aos 37 minutos, Alexis Mac Allister contou com a sorte ao ver seu chute desviar na zaga e morrer no ângulo do goleiro Santos. O Athletico ainda teve a chance de empatar em um pênalti, mas Marco Ruben, aos 49 do segundo tempo, bateu na trave. Agora, os paranaenses vão à Buenos Aires para tentar reverter o placar de 1 a 0.

Também teve pênalti perdido na Argentina, no duelo entre Godoy Cruz e Palmeiras. O time paulista começou o jogo com a marcação confusa e sem conseguir armar jogadas. Os donos da casa abriram o placar aos 5 minutos e ampliaram a vantagem aos 28. Felipe Melo, aos 33, tratou de descontar para o alviverde.

No primeiro tempo, a situação poderia ter se complicado de vez para o Palmeiras, mas Weverton defendeu a cobrança de pênalti de Santiago Garcia, autor dos dois gols do Godoy Cruz. Os paulistas voltaram melhor no segundo tempo e chegaram ao empate com Borja. O resultado garante a classificação do Palmeiras, mesmo empatando por 0 a 0 ou 1 a 1, em São Paulo.

Já o Flamengo foi irreconhecível no Equador, onde jogou contra o Emelec. O time de Jorge Jesus entrou com uma escalação diferente, que não deu liga e sofreu um gol logo aos 10 minutos do primeiro tempo. Pouco inspirado, o rubro-negro pouco assustou os equatorianos.

O melhor momento dos cariocas na partida foi no segundo tempo, quando Vega foi expulso, após falta violenta em Rafinha. Entretanto, o Flamengo não conseguiu aproveitar a vantagem numérica, até que Diego saiu machucado e não havia mais substituições a fazer. Ele fraturou o tornozelo e passará por cirurgia. No fim do jogo, Caicedo ainda bateu desviado para fazer 2 a 0. Além da derrota, o Flamengo viu seu último meia saudável se machucar.


    Warning: Unknown: write failed: No space left on device (28) in Unknown on line 0

    Warning: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/var/lib/php/sessions) in Unknown on line 0